domingo, 15 de fevereiro de 2009

Encontro de Ano Novo - Zona Sul (III)

Começou cedo, frente o Palácio de Queluz, ao chegar no meu Elan M100 Vermelho, olho para o espelho e lá estava o Exige S PP do André Silveira a chegar para um cafezinho matinal.
Seguiram-se o Elan M100 Amarelo do Rui Castro e um convidado especial, o Manuel Luís no seu Miata.

Depois dos cafés e da conversa em dia, Óbidos era o destino.


À chegada, aguardava-nos um parque «Reservado – Club Lotus Portugal» gentilmente cedido pela Óbidos Patrimonium que, ainda teve a amabilidade de nos brindar com vigilância permanente que se revelou essencial na gestão dos muitos visitantes com que o Parque Lotus contou.

Aí, juntámo-nos ao Manuel Marques no seu Elan M100 Verde, ao Paulo Bento no seu Elan +2S Bordeaux, ao Filipe Vasconcelos no seu Elan S4 Amarelo e ao David Lloyd no seu Elise 135R Prateado.


Passou-se uma manhã primaveril a passear pela encantadora Vila de Óbidos onde não faltou amena cavaqueira sobre cultura, carros, a crise, os carros, o turismo, os carros, a típica ginjinha, os carros e, por fim, ainda se falou de carros!

Quando a fome apertou, o Paulo Bento, que teve que atender a compromissos prévios, despediu-se e, entretanto, chegou o Carlos Amores no seu Porsche Boxster que na companhia do Manuel Luís nos acompanharam para o almoço.


O passeio foi fantástico. O dia estava bonito, a paisagem idílica e a estrada Lotus tailored convidativa.


Até passámos por um raid equestre em que a proporção deveria rondar os 50 CV Lotus para cada um dos equídeos. Apesar das muitas propostas, nenhum de nós aceitou a troca.


continua ...

Share

3 comentários:

Joao Cunha disse...

Apaguei o seguinte comentário sem querer :-P

Estás de parabéns pela tua primeira organização.
Se o nosso presidente se despachar a concordar no 'intercâmbio de dados' com o Club Seven, da próxima vez podes contar connosco como 'convivas' e, caso aches últil, a minha ajuda na organização.

PS- Houve roadbook?

Pedro Aroso disse...

Caro Fernando Aguiar

Parabéns pelo êxito do passeio. O "monoclube Lotus", como lhe chamavam as más-línguas, é um hoje um grande policlube. Muito obrigado pelo teu empenhamento.
Em relação à questão levantada pelo João Cunha, pela minha parte não vejo qualquer inconveniente. Afinal de contas, o ADN é o mesmo.

Fernando Aguiar disse...

Fico-vos grato por todo o apoio e disponibilidade.

Vou enviar por e-mail cópia de algo que «diz que é uma espécie de roadbook» que utilizámos, mas qualquer semelhança é pura coincidência e também os ficheiros Google Hearth com os percursos realizados, que foram gentilmente registados e cedidos pelo Manuel Marques.