terça-feira, 30 de setembro de 2008

Lotus @ AutoClássico

Ginetta

Caterham

Já que os meus amigos Rui e Pedro deixaram aqui o relato deles, falta só deixar o meu. Para não repetir o que já foi dito, deixem-me contar o lado mais pessoal desta experiência.

Foi um gosto e um orgulho representar a Lotus e vestir as suas cores durante estes dois dias. Apesar de haver marcas com história de competição melhor que a Lotus, nenhuma é tão apaixonante. Se houver dúvidas é só ler o livro que me serviu de companhia durante o fim-de-semana, nas horas de menos movimento - o relato que Peter Ross ecreveu sobre a sua experiência nos primeiros tempos da Lotus, em que a empresa era composta por voluntários (desde o mk I até ao mk VIII).

Quando nasceu, o Europa era o carro barato da Lotus para substituir o Seven. Mas mesmo assim, dedixou muitos dos visitantes à exposição de queixo caído. Lembro-me de uma senhora de já muita idade que não resistiu a apontar para o carro e exclamar, 'olha que lindo, que lindo mesmo!' Foi imediatamente repreendida pela filha que lhe disse que 'não se aponta para os carros, mãe!' Muitas crianças pequenas pediam aos pais para tirar fotos com o carro. Às vezes o nosso stand também se tornou uma oportunidade para reviver memórias de tios excêntricos que levavam duas (!) crianças de Europa para a escola. Até um antigo dono do carro que estava exposto apareceu com saudades.

Passar dois dias ao lado de um Europa não é uma experiência fácil. É um carro que seduz. Na Segunda, quando voltei a casa fui ver na internet anúncios do 47, mas depois uma vista de olhos para o Exige recordou-me que tenho o herdeiro daquele carro na garagem.

A exposição teve menos Lotus do que no ano pasado, o que é sempre pena. Mas estava lá um Caterham - uma testemunha silenciosa com 50 anos ao génio do Chapman. Ao lado dos dois Ginetta que lá estavam parecia ao mesmo tempo mais ameaçador para os concorrentes e mais dócil para o proprietário.

O Rui e a família foram sempre uma companhia muito agradável e o Pedro apareceu nos momentos chave para nos dar alento :-)

Alguns membros do club tiveram oportunidade de aparecer para conversar sobre o nosso tema favorito. Mas a grande noticia foram os novos membros - espero ansiosamente pelo próximo encontro (que organizaremos em breve) para juntar mais Lotus e Lotistas.

Um muito obrigado especial ao Manuel Pinheiro e à Fátima que me levaram a casa e me deram o prazer da sua companhia ao jantar.
Share

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Balanço Autoclássico 2008

O segundo e terceiro dia do Autoclássico do Porto, foram dedicados à divulgação do clube por entre os entusiastas dos clássicos e dos automóveis em geral. Fomos contactados por um número simpático de donos de Lotus dos mais diversos cantos do país e com isso conseguimos engordar a nossa lista de amigos. Tivemos também a visita de representantes de outros clubes (e aqui destaco as conversas animadas mantidas com o clube AlfaNord e AJA – Amigos dos Japoneses Antigos) que muito nos ajudaram nestes primeiros passos como clube mais dinâmico. Ficamos surpreendidos com o numero de Lotus que existem por este país fora e os quais infelizmente desconhecemos. Esta iniciativa serviu para chegar a alguns deles mas muitos mais andam por aí “abandonados” sem um clube que os acarinhe e os faça mexer. Continuaremos na nossa cruzada para encontrar o maior numero possível destes e este salão serviu para mostrar que só com este tipo de aproximação poderemos almejar a esse objectivo. Igualmente valiosos foram os contactos estabelecidos com a imprensa especializada que se mostraram muito interessados nas actividades do clube.

Aproveito para enaltecer algumas pessoas que tornaram possível o êxito desta iniciativa. Ao meu amigo João Cunha pelo inexcedível empenho com que abraçou esta iniciativa e pelos sacrifícios que fez para estar presente durante horas a fio, à minha esposa Sara pelo apoio e entusiasmo crescente que coloca nas iniciativas do clube e que mesmo adoentada fez questão em estar ao meu lado, à minha filha Catarina pela alegria que traz ao stand e pelo gosto pela marca, ao António Queirós por ter feito um trabalho muito profissional com o placard de promoção, ao Álvaro Teixeira Basto Jr. por ter emprestado o seu Europa JPS que foi sem sombra de dúvidas uma das estrelas do salão (tens muitas ofertas de compra se te quiseres desfazer dele), ao Pedro Aroso por ter organizado o espaço mais uma vez e pelos contactos privilegiados que tem, ao Bruno Sousa pelo apelativo “flyer” desenvolvido em poucas horas (obrigado por aturares as minhas criticas e pedidos), ao Manuel Pinheiro e Fátima pela boa disposição, divulgação do clube nos livros vendidos no stand da Ascari com a chancela Lotus e também pelos cafés e por ultimo a todos os amigos que nos visitaram (António Sousa, Marco Costa, Paulo Queirós, Paulo Canedo, Manuel Carneiro, Fernando Pina da Silva, Ramiro Santos Silva, Alexandre Guimarães, Francisco Alonso, João Ralha, Paulo Araújo, Paulo Porto, Sérgio Tenreiro, Manuel Ramos, Paulo Lima e tantos outros que me vão perdoar a falta de menção). Um obrigado a todos e venha o Autoclássico 2009!

A equipa: João Cunha;Pedro Aroso;Sara Sousa;Rui Coelho e Ana Catarina atrás da máquina

Sara Sousa, Rui Coelho e o Europa Twin Cam Special JP
Sara Sousa e Ana Catarina Coelho

O outro Europa JPS do stand

O Elan "hibrido" da Sportclasse que marca presença em vários salões

Share

domingo, 28 de setembro de 2008

Formulário de Adesão ao Club

O preenchimento deste formulário inscreve-o na nossa base de dados como membro. Não há lugar a qualquer pagamento de inscrição nem de mensalidades já que o clube funciona com a boa vontade de quem quiser e puder ajudar. Junte-se a nós e partilhe a paixão. Obrigado!
P.S. Qualquer dos links apresentados neste blogue para aderir ao clube, seja por este post, seja pelos links apresentados à direita nesta página, convergem para a mesma base de dados. Obrigado

< Share

sábado, 27 de setembro de 2008

1º dia no AutoClássico 2008

Ao contrário daquilo que havia sido anunciado, um percalço de última hora não permitiu expor o Lotus +2S. Valeu-nos a boa vontade do Álvaro Teixeira Basto, que na véspera da inauguração do salão disponibilizou o seu Lotus Europa Twin Cam Special (1974). Este carro, que foi meu entre 1988 e 1999, foi objecto de um restauro exemplar (ou não fosse o Álvaro engenheiro mecânico...). À nossa chegada, deparámo-nos com um problema eléctrico, entretanto resolvido pelo Sr. Fonseca (electricista da Garagem Gomes da Costa), para quem enviamos um grande abraço de agradecimento.

Durante a tarde, muitos foram os que passaram pelo stand do clube, entre eles um amigo do Marco Costa, que teve a gentileza de nos enviar esta fotografia.

Destaque para a presença do Alexandre Guimarães, que nos vai emprestar o seu Elan Spint, com que tem disputado o Campeonato de Clássicos, para o próximo AutoClássico.

Um obrigado muito especial para o António Queirós que, em tempo recorde, conseguiu fazer um novo placard com o logótipo do clube.

Hoje, sábado, os anfitriões serão o João Cunha, que saiu de Lisboa no comboio das 6.00 da manhã para estar presente à hora da abertura, e o Rui Coelho, que irá distribuir “ flyers” a todos os amantes da marca.

Share

02


Alexandre Guimarães + Pedro Aroso
Posted by Picasa
Share

01

Álvaro Teixeira Basto junto do seu magnífico Lotus Europa
O Sr. Fonseca (electricista da Garagem Gomes da Costa)
O interior do Lotus Europa Twin Cam Special
Posted by Picasa
Share

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Convite AutoClássico Porto 2008

Caros membros do Club Lotus de Portugal,

A partir das 15 horas de hoje e até ao próximo Domingo dia 28, realiza-se na Exponor a sexta edição do Autoclássico Porto. O AutoClássico Porto 2008 contará com a participação de mais de 250 expositores que mostrarão a maior oferta comercial dedicada ao segmento de clássicos de toda a Península Ibérica. O Salão Internacional do Automóvel e Motociclo Clássico e de Época ocupará mais de 40.000 metros quadrados de superfície de exposição.

O Salão de Clássicos do Porto permitirá a aficionados, coleccionadores e profissionais aceder a uma oferta comercial única, em espaço e qualidade, que abarcará desde automóveis exclusivos até peças e componentes pertencentes a edições limitadas. O Salão do Automóvel Clássico do Porto disporá de um total de três galerias e cinco pavilhões do recinto de feiras, destinando-se 70 por cento de toda a superfície à exposição de automóveis, motociclos e complementos e 30 por cento a actividades paralelas.

No Pavilhão 1 do recinto encontrar-se-á a zona de automobilia, um amplo espaço dedicado aos complementos, acessórios, peças novas e usadas, coleccionismo, miniaturas, publicações, etc. Nesta edição a organização centrou grande parte dos seus esforços em conseguir uma maior presença de expositores para potenciar esta área, que nos cinco anos de história do AutoClássico se tem revelado como um dos espaços que maior interesse desperta entre aficionados e visitantes.

Os pavilhões 2 e 3 estarão destinados à exposição e comercialização de automóveis e motociclos fabricados até ao ano de 1982. Este amplo espaço de exposição, disposto com elegância, acolherá mais de 400 automóveis e motociclos procedentes de empresas e restauradores de grande prestígio em toda a península ibérica. No pavilhão 2 estará outra das novidades desta edição, o Stand do Particular. Trata-se de um espaço de exposição preparado para que os particulares possam pôr à venda os seus automóveis durante os três dias de duração do Salão.

A actividade lúdica e desportiva de alto nível estará concentrada no pavilhão 4 do recinto. Aí estará localizado o circuito do MotorShow, onde se desenvolverão as provas desportivas previstas no programa de actividades paralelas e que, um ano mais, será o ponto nevrálgico onde se encontrarão os verdadeiros aficionados deste segmento automobilístico. Esta nova edição do Salão de Clássicos do Porto prestará homenagem aos consagrados pilotos Timo Salonen e Marc Duez que participarão activamente no Motorshow que se desenvolverá paralelamente à exposição comercial.

Os clássicos de competição ganham protagonismo este ano na Exponor. No pavilhão 5, compartilhando espaço com o paddock do Motorshow, haverá um espaço comercial dedicado aos clássicos com maior espírito desportivo. Automóveis e acessórios constituirão a oferta deste zona racing da feira.

A oferta expositiva do AutoClássico Porto 2008 completa-se com o espaço das galerias de acesso aos pavilhões do recinto, que será ocupado pelos principais clubes, museus e associações ligadas ao mundo dos clássicos. É aqui que poderá encontrar o stand do Club Lotus de Portugal mais concretamente na zona da antiga entrada principal da Exponor (junto a um dos bares de apoio). O nosso espaço é o numero 10.

Contamos com a sua presença, seja para admirar o esplêndido Lotus Europa Twin Cam JPS do nosso amigo Álvaro Bastos Jr. (a quem eu agradeço o facto de nos disponibilizar o seu carro demonstrando assim um brilhante espírito clubista), seja para saber o que andamos a fazer. Pode aproveitar para rever os seus dados de inscrição e quem sabe trazer um amigo que ainda não faça parte do Clube.

Ficamos à sua espera!
Share

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Tudo a postos para o AutoClássico na Exponor

Recebemos hoje a documentação referente à participação do "Club Lotus Portugal" no AutoClássico, que vai decorrer na Exponor nos dias 26, 27 e 28 de Setembro.

2008-09-23_1531 Horário:

Sexta-feira (26): 15:00 - 21:00 horas

Sábado (27) e Domingo (28): 10:00 - 21:00 horas

Share

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Reportagem do 60th Anniversary da Lotus

Domingo, 14 de Setembro de 2008. A data escolhida pela Lotus Cars para celebrar os seus 60 anos. E nada melhor para festejar do que dar uma prenda a quem ajudou a construir o mito da marca: os entusiastas. A prenda escolhida foi o abrir de portas a todos os que quisessem festejar o "Diamond Anniversary" em casa, mais concretamente na fábrica em Hethel, Norfolk UK. E aqui o único reparo a esta fantástica iniciativa. Vitima talvez do seu próprio sucesso, a organização deve ter subvalorizado o impacto desta manifestação e não estava de maneira nenhuma preparada para receber tanta gente. Prova disso foram as extensas filas de acesso ao recinto que fez desesperar quem desejava entrar na festa o mais cedo possivel. No meu caso passei 2 horas parado no trânsito, mas depois fui brindado com uma vista deslumbrante de centenas de Lotus estacionados no meio da longa recta do circuito de testes. Após perder bastante tempo à volta de magníficos exemplares de todas as épocas, a entrada no recinto foi algo de mágico. Difícil de escolher por onde começar a visita pelo que escolhemos uma das jóias do dia, a exposição dedicada ao Evora. Nela se explicavam todos os passos do desenvolvimento do carro e no final podia-se apreciar o modelo de perto. Devo dizer que as fotos não lhe fazem justiça e "in the flesh" é um design brilhante dos estúdios Lotus. Seguiu-se a visita ao centro de Design da marca onde se pode apreciar todos os passos desde os primeiros esboços aos modelos à escala. Uma oportunidade rara de ver o ambiente onde se criam as obras-primas da marca. Mais ao lado a parte de engenharia onde os protótipos começam a ganhar forma e onde se pode apreciar o avanço tecnológico da marca em relação aos materiais compósitos. Outros projectos interessantes ao nível da acústica (por exemplo como tornar os veículos híbridos mais seguros para os peões quando circulam em modo eléctrico), ao nível dos materiais "eco" e ao nível dos combustíveis alternativos. Por todo o lado se sente por que razão a Lotus Engineering é um dos gabinetes mais avançados da indústria automóvel. O dia seguiu com a visita às linhas de montagem. Uma oportunidade única de ver como os carros são produzidos (num método ainda muito manual e sem muitas semelhanças com o standard actual de produção automóvel) e também uma oportunidade de ver opções de personalização de algumas versões especiais (de notar um numero "anormal" de Exiges Sprint talvez a denotar uma menor aceitação deste modelo). Junto dos Elise e 2-Eleven são também montados os Tesla Roadster um veiculo eléctrico que partilha o chassis e alguns componentes com os Elise. A produção deste veiculo entra agora numa fase de cruzeiro de forma a alimentar as encomendas do outro lado do Atlântico. Uma surpresa para muitos a presença deste revolucionário carro nas linhas de montagem (ou uma operação de charme para cativar clientes). Surpreendente para mim que já tive oportunidade de trabalhar em algumas fábricas de automóveis inglesas foi o facto de este "open day" ter sido de facto "open". Até as cabines de pintura estavam abertas ao público um facto verdadeiramente inédito e que mostra o empenho da marca em mostrar ao público como os seus objectos de desejo são criados. Para final de festa nada melhor do que ver os carros que estavam para venda (nenhuma iniciativa deste calibre é totalmente inocente), espreitar a venda de peças a preço de saldo, passear pelo departamento Lotus Sport e ver os modelos criados para os clientes mais rápidos e abastados e por fim passar por entre os clubes presentes e ver o entusiasmo dos presentes. Um dia magnifico que está documentado em mais de 300 fotos que podem ser apreciadas por quem tiver paciência...


Exige Sprint
Lotus Seven
Exige S1
2 Eleven
Caterham R300

Lotus Cortina MKI
Lotus 340R
Lotus Europa Diamond Edition
Elise R's Wet Dream...
Road to Evora
Evora Crash Test
Lotus Evora
Eco Elise
Lotus Design Studio
Lotus Evora Clay Model
2 Eleven "Track"
Lotus M250
Exige 265 BioFuel
Talbot Sunbeam Lotus
Final assembly
F1 Historicos
Factory tour
Tesla Roadster
Elise chassis
Elise Line
Parts sale
Elan 340 "Lotus Sport"
Exige "Lotus Sport"
Clark Type 25 Elise SC Lotus Seven
Club Lotus Italia & Clube Lotus Austria
Seloc
Lotus Eleven

Clubes F1 Tyres
Share