quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Conversões RHD-LHD


Como todos sabemos somente uma região da Europa tem carros "Right Hand Drive" ou condução à direita, enquanto o resto da Europa é "Left Hand Drive". Assim, o mercado do Reino Unido é um pouco isolado do continente. A cultura automóvel deste país é também diferente do resto da Europa no que toca aos carros desportivos pois ao lado do vulgar carro familiar há muitas vezes um desportivo de fim-de-semana. Esta é a base da fabulosa cultura de sportcars do Reino Unido. Essa diferente cultura é a causa de um florescente mercado de veículos em segunda mão. Muito mais carros desportivos estão disponíveis no mercado britânico e com preços abaixo dos preços do continente. Isso abre o caminho para conversões de RHD para LHD porque o trabalho combinado com a compra mais em conta no Reino Unido ainda está abaixo dos preços continente. O facto de a Libra estar mais atraente em relação ao Euro também é um factor importante.
A Red Water CSC é uma empresa de Liége na Bélgica dirigida por Bart Massin um belga que há alguns anos se dedica a converter Lotus e outros desportivos ingleses na sua oficina nas Ardenas. A Red Water especializou-se nos Elise/Exige convertendo desde os primeiros S1 até aos recentes Exige Cup e 2-Eleven. Os preços incluem as peças necessárias à conversão bem como a mão de obra e vão desde os €3400 para um Elise S1 até aos €4800 para um Exige S2 com ar-condicionado e ABS+ETC (IVA não-incluído) e têm 1 ano de garantia. A Red Water oferece também um serviço de transporte desde Inglaterra até à Bélgica, transporte este com taxas bastante competitivas.
Como iniciar um projecto RHD - LHD?
Primeiro tem que encontrar o seu "dreamcar". Sitios bons para começar a busca são www.pistonheads.com e www.autotrader.co.uk Para os mais aventureiros o local onde se encontram os melhores preços é sem dúvida o ebay.co.uk mas há que ponderar todos os riscos. Os dealers da marca como a Bell&Colvil ou Adrian Blith têm a vantagem de ter carros mais recentes, com menos kms e com garantia. A Red Water tem também um serviço que procura o carro nos dealers, trata da papelada e leva o carro até às suas instalações.

Uma vez encontrado o carro há que tratar da documentação e para isso é obrigatório o documento V5C (registo). O V5C é o documento concedido pela DVLA e vai precisar deste documento para registar o carro em Portugal. O famoso COC pode ser obtido na marca pois será difícil que o antigo dono o tenha. O COC é o certificado de conformidade com as especificações técnicas do carro. É válido em toda a Europa e é necessário para a IPO. Estando o carro matriculado em Inglaterra e com um seguro válido, pode circular até à Bélgica e depois para Portugal. Se preferir pode entregar este trabalho a um transportador.

A Conversão
Após a fixação da data e assinatura de um contrato com a Red Water, paga-se uma parte para que as suas peças possam ser encomendadas. A Red Water só funciona com as mesmas peças utilizadas pelos Lotus Dealers. A vantagem de um Lotus é o interior simples e assim, a conversão é uma operação relativamente fácil. Apenas se tem que adaptar o sistema de direcção, o painel de instrumentos e painéis laterais, ar condicionado, electrónica, sistema de ventilação, luzes e troca dos bancos. A conversão total leva 3 semanas após a entrega do carro. Esta é sem dúvida uma boa alternativa para quem sonha com um Elise mas não tem capacidade financeira para adquirir um carro novo e visto que em Portugal os carros vendidos raramente trocam de mãos, este é uma boa solução para encontrar um usado. Como o próprio Bart diz "(...) we do it more for the Lotus passion to give the opportunity to other drivers to buy a (cheap) Lotus and drive the car (as the EU prices are much higher)"
A Red Water pode ser contactada pelo email info@houseofspeed.be e o Bart Massin pelo telemóvel +32 479 61 96 72. 

Mais informações em http://www.houseofspeed.be/redwater.html

Os membros do Club Lotus Portugal que façam referência a este artigo têm direito a uma oferta especial se decidirem converter o seu Lotus na Red Water.

Preços
(partes, horas de trabalho, garantia 1Year incl.) IVA Excl.
LOTUS ELISE S1 3400.00 Euros
LOTUS ELISE S2 4200.00 Euros
LOTUS ELISE S2 4500.00 Euros (with airco or abs)
LOTUS ELISE S2 4800.00 Euros (with airco and abs)
LOTUS EXIGE S1 3400 Euros
LOTUS EXIGE S1 3700 Euros (with airco)
LOTUS EXIGE S2 4200 Euros
LOTUS EXIGE S2 4500 Euros (with airco or abs)
LOTUS EXIGE S2 4800 Euros (with airco and abs)
LOTUS 2 ELEVEN 3400 Euros
LOTUS EUROPA 4800 Euros (with airco and abs)
LOTUS ESPRIT 7000 Euros (depending on model)
Share

13 comentários:

Samuel Cordeiro disse...

Fantástico trabalho de documentação! Estava mesmo à procura disto. Só se conhece esta oficina? Não há mais fiáveis que façam este trabalho?

Só falta a loja do sr. Bart Massin criar uma espécie de departamento que trate do trabalho de intermediário na "importação", escolhiamos o carro e nem precisavamos de muito mais para além de o ir buscar, assinar a papelada e, claro está, pagar o carro, a mudança do volante para a esquerda e o extra do transporte!

Lotus de confiança em 2ª mão!

Só não sei é se tanto "filme" compensaria monetariamente...

Rui Coelho disse...

Caro Samuel,

Não existem muitas empresas que se dediquem a este trabalho. Até no Reino Unido não se conhece quem o faça o que pode parecer estranho dado que poderia ser uma ideia rentável. Aqui em Portugal já desafiei uma pessoa para fazer algo semelhante e continuámos em conversações.

Fale com o Bart e verá que o serviço que fala também faz parte dos serviços prestados pela Red Water, talvez com algumas nuances

Quanto a compensar e olhando para os preços da Europa Continental o que se poupa dá quase sempre pelo menos para pagar os impostos devidos no nosso país, tudo o resto é lucro.

Se contactar a Red Water não se esqueça de dizer onde viu! :)

Francisco Figueiredo disse...

Vou iniciar a minha conversão daqui a umas semanas, quando a encomenda das peças chegar!

A conversão para a capota curta já está concluida, vou agora montar o hartop!

Rui Coelho disse...

Francisco,

Depois partilha a tua experiência com os nossos amigos. Entra em contacto comigo para me contares os pormenores deste trabalho (onde compraste as peças, quais compraste, como pretendes fazer o trabalho). Penso que seria dos artigos mais interessantes para publicar e o de mais visitas

Fernando Aguiar disse...

Eis o Club ao seu melhor nível!

Excelente trabalho!

Bem-haja Rui Coelho!

Rui Coelho disse...

Francisco, como vai a conversão?

Anónimo disse...

Boa tarde.
Parece-me importante comentar que o trabalho é fácil mas demorado. E demorado porque ao contrário de um carro comum, com o Elise, todo o interior tem de ser mudado devido a assimetria do mesmo. Mesmo assim é um trabalho que se faz em 3 fins de semana completos.
Eu terminei a conversão do meu Elise S1 111S recentemente. Valeu a pena.
Comprem as peças em www.elise-parts.com pois já têm um kit para conversão RHD para LHD.
Se precisarem de mais informações enviem-me um mail para jblattmann@gmail.com

Miguel Oliveira disse...

Olá pessoal,

digam-me uma coisa, existe on-line algum tuturial de como fazer a conversão step-by-step?

Sou daquelas pessoas que adora mexer nos carros, e como tal, acho que sou capaz de fazer a conversão em casa.

Desde que o Rui me falou da ideia de comprar no UK, essa ideia nunca saiu da minha cabeça, sendo que agora estou novamente a ver Elises no eBay.

Estou também a pesquisar peças, e achei um loja on-line que, segundo eles, vendem um kit de conversão completo:
http://www.elise-shop.com/complete-conversion-kit-elise-s1-rhd-lhd-p-353007.html

Mas, ao ler este artigo vejo que há alterações no a/c, ora no link do kit de conversão, não há nenhuma peça referente ao a/c (ou pelo menos com a designação directa que eu perceba).

Já agora, e porque sou uma pessoa de pancadas (para quem conhece o meu projecto do Jaguar sabe do que falo) como está a Lotus em termos de peças para o S1? Já existem muitas falhas de stock?

Um abraço,
Miguel Oliveira

Rui Coelho disse...

Miguel,

Estou em falha contigo e com muitas outras pessoas pois o prometido artigo sobre conversões nunca mais sai! Mas para te mostrar que não é um mito mando-te por email uma parte "em bruto" para que vejas que o trabalho está a avançar e que valerá a pena esperar. Tenho a absoluta certeza que consegues fazer isto em casa e em qualquer coisa como 40 horas tal a simplicidade da conversão. O kit que viste tem todas as peças necessárias à conversão e há quem tenha feito com menos e com resultados semelhantes (como se diz na minha empresa: Imagination at Work). Quanto ao A/C isso só se aplica ao S2 que é um pouco mais complicado de converter sendo os Toyota os mais trabalhosos. Quanto a peças, de mecânica não há muitos problemas devidos aos milhares de Rover que foram feitos e pelo facto de grande parte das peças virem de outros fabricantes. Peças especificas, há alguma falta pontual de peças de suspensão e chassis mas os dealer independentes conseguem arranjar com mais ou menos tempo. E também há os salvados em Inglaterra pois alguns foram para à valeta :)

Abraço e espero ter mais novidades para ti em breve!

Miguel Oliveira disse...

Viva Rui,

não tens nada que pedir desculpa pah. ;) Bem sei com é complicado e trabalhoso criar um guia/tuturial, por isso, uma conversão deverá levar mesmo muito tempo, pois há as fotos que têm de ser escolhidas e editadas, textos, etc, sendo que, todos nós não vivemos disto, temos os nossos trabalhos e isto dos Lotus acaba por ser um "passatempo". Do not worry. ;)

Estou mesmo cheio de "pica". he he Andei ontem armado em pirata e já saquei da web o manual workshop do S1 (parece-me mesmo tudo muito fácil de ser trabalhado). Ainda ando à procura do manual de peças, mas esse acho que vou comprar no eBay, pois na web parece não haver para download. :)

Bem sei que o S1 usa peças da Rover, Peugeot (os botões parecem-me dos Peugeots 205) e da Opel, pelo que há muita coisa que posso vir a encontrar novo no eBay e noutros locais. O meu maior "receio" são mesmo as peças em alumínio, pois já me estou a ver a mudar algumas delas por outras brand new, assim como os parafusos, especialmente os do motor que têm passivamento a amarelo (manias he he).

Apesar de ter esse "receio", não vai ser isso que me vai privar de ter um Elise S1!! :D


Grande abraço Rui e obrigado, ;)


P.S.: Acredita que tens aqui, no futuro, um grande chato e melga, eu. he he Mas eu vibro com esta coisa dos automóveis. :)

Manuel disse...

Rui,

sou o Manuel e também ando a sonhar com um Elise, mas com o S2, motor K-series. Quando falas da maior dificuldade na conversão dos S2 com motor Toyota, também se aplica aos S2 com motor K-series da Rover, sem ABS e sem A/C? Já agora, posso saber porque razão vários utilizadores escolhem o Elise S1 ao S2?

Cumprimentos,
Manuel Ribeiro

Rui Coelho disse...

Olá Manuel,

As conversões nos Elises dividem-se em 3 graus de dificuldade, simples para o S1, mais elaborado para o S2 Rover e mais complicado para o S2 Toyota. A grande diferença entre o Rover e o Toyota nos S2 é a inclusão de muito mais electrónica que obriga ao dispêndio de mais dinheiro. Items como o acelerador electrónico, o controlo de tracção, o ABS podem ter de ser comprados e não são peças baratas.

Quanto à escolha entre o S1 e o S2, a primeira razão é que os S1 por serem mais antigos são mais baratos na origem (podem-se comprar S1 a partir de 5000 libras sendo que normalmente os S2 aparecem a partir de 9000) mas também pelo menor imposto a pagar já que o modelo base S1 tem 168g/Km de Co2 e o S2 vai para os 177g/Km o que no momento de pagar faz alguma diferença

Patrick disse...

More informations about professional lotus conversion

http://redwaterbelgium.com