quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Colin Chapman e os Lotus

Share

2 comentários:

Albino disse...

Excelente.
Em resumo, uma marca para especialistas, para quem realmente percebe alguma coisa de automóveis.
Colin Chapman tirava o chapéu aos seus carros na hora da vitória mas somos nós que temos que lhe tirar o chapéu cada vez que entramos num Lotus e temos o privilégio de desfrutar da herança da marca.

Nuno Cruz e Silva disse...

Por todas as razões evocadas no video e mais algumas é que tal como o Elise ao rapaz no final do video, o meu Elan também me arranca um sorriso sempre que dou uma volta nele.
Continuo a ficar pasmado (babado) com todo o "avant-garde" que um carro que para o ano completa 40 anos consegue ter 40 anos depois...
Como quase todos os Lotus, são AUTOMÓVEIS intemporais na sua época e em épocas futuras...